top
logo

Documentos

Subscrever

Visitantes

Temos 46 visitantes em linha

Home Setembro
Setembro
Entrevista de Maurice Thorez ao Times (1946) e Comentários PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Stéphane Sirot

Foi colocado online na área de Documentos em 30 de Setembro de 2012

Texto original: http://ebookbrowse.com/interview-de-maurice-thorez-au-times-1946-doc-d274755197#.UGIrNTQgx9E.gmail

Tradução do francês de PAT

 

... a função tática da entrevista revela-se inoperante: a 4 de dezembro de 1946, a investidura de Thorez na presidência do Conselho é rejeitada pela Assembleia Nacional.

 


Entrevista de Maurice Thorez ao Times (1946) e Comentários
Entrevista de Maurice Thorez ao Times (1946) e Comentários

 

 
Os diálogos em Oslo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Pável Blanco Cabrera

Foi colocado online na área de Documentos em 30 de Setembro de 2012

Texto original: http://www.odiario.info/?p=2617&print=1

 

Recordamos, por exemplo, a proposta de substituição de culturas para combater o tráfico de drogas, considerando-o um problema social ao qual tem que se dar resposta desde a sua raiz. O governo de Pastrana empenhou-se em inventar pretextos que inviabilizaram essa oportunidade e reiniciou as operações militares.

 


Os diálogos em Oslo
Os diálogos em Oslo

 

 
Greve geral na Grécia - Basta de sacrifícios PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Jornal Avante

Foi colocado online na área de Documentos em 30 de Setembro de 2012

Texto original: http://www.avante.pt/pt/2026/europa/121980/

 

A greve geral, que se iniciou já depois do fecho desta edição, surge na sequência de uma vaga de paralisações e protestos nos diferentes sectores contra o novo pacote de medidas antipopulares que, como refere a Frente Militante de Todos os Trabalhadores (PAME), visa a completa destruição das convenções colectivas, a abolição na prática do salário mínimo e a redução geral dos salários para níveis equiparáveis aos da Bulgária e da Albânia.

 


Greve geral na Grécia - Basta de sacrifícios
Greve geral na Grécia - Basta de sacrifícios

 

 
Lições da História PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Jorge Cadima

Foi colocado online na área de Documentos em 23 de Setembro de 2012

Texto original: http://www.avante.pt/pt/2024/opiniao/121787/

 

O guião do que se passa nos dias de hoje parece ter sido escrito em 1957. Ainda segundo o Guardian, o plano passava por «criar pequenas sabotagens, incidentes e golpes de mão no interior da Síria […]. O relatório afirmava que, uma vez criado o grau de medo necessário, seriam encenados incidentes fronteiriços e confrontações junto às fronteiras de forma a criar o pretexto para uma intervenção militar ... «A CIA e o SIS [MI6] devem usar os seus meios, quer no campo psicológico, quer no campo da acção, para aumentar a tensão»

 


Lições da História
Lições da História

 
A classe operária deve organizar sem demora a sua defesa nas fábricas, nos locais de trabalho e nas ruas, esse será o cenário da batalha PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Declaração da Comissão Política do Partido Comunista do México

Foi colocado online na área de Documentos em 23 de Setembro de 2012

Tradução do castelhano de MF

Texto original: http://www.comunistas-mexicanos.org/index.php?option=com_content&view=article&id=960:lla-clase-obrera-deben-pasar-sin-dilaciones-a-organizar-su-defensa-en-las-fabricas-los-centros-de-trabajo-y-las-calles-ese-sera-el-escenario-de-batalla&catid=1

 

Esta iniciativa de Reforma contém maioritariamente disposições que, no seu conjunto, representam o mais duro ataque alguma vez sofrido ao longo de várias gerações de operários no México, no sentido de reduzir o valor da força de trabalho. Legaliza a prática da subcontratação e a fuga às responsabilidades do patrão perante o IMSS. Facilita o despedimento e limita o direito a receber salários em atraso. Dificulta o direito a uma reforma e pensão dignas. Atira os operários jovens para a exploração mais cruel sob o eufemismo de «trabalho para treino». Admite o trabalho temporário por décadas ou para toda a vida, desde que não seja a mesma empresa, em cada seis meses, a beneficiar da nossa exploração e ruína.

 


A classe operária deve organizar sem demora a sua defesa nas fábricas, nos loc
ais de trabalho e nas ruas, esse será o cenário da batalha
A classe operária deve organizar sem demora a sua defesa nas fábricas, nos locais de trabalho e nas ruas, esse será o cenário da batalha

 
« InícioAnterior123SeguinteFinal »

Pág. 1 de 3

bottom
top

Mais Recentes

Popular

Procurar na Biblioteca


Procurar: 
Autores: 
Título: 
ISBN: 
Descrição: 
Publicado: 
Categoria: 

bottom

Produzido em Joomla!. Valid XHTML and CSS.

eXTReMe Tracker