top
logo

Documentos

Subscrever

Visitantes

Temos 33 visitantes em linha

Home Agosto
Agosto
Dois artigos sobre a Líbia PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

1 - Por Viktor Dedaj

1 - Por Pedro Guerreiro

Foram colocados online na área de Documentos em 29 de Agosto de 2011

1 - Publicado em: http://www.legrandsoir.info/libye-et-dire-que-j-ai-failli-douter-de-cette-histoire-d-intervention-humanitaire.html

2 - Publicado no jornal “Avante” n.º 1969, em 2011/08/25:http://www.avante.pt/pt/1969/opiniao/115964/

Enviar pirómanos para extinguir um incêndio, queimar a floresta para salvar as árvores, bombardear a população para poupar civis, lançar campanhas de terror em nome do combate contra o terrorismo, promover a democracia sustentando ditadores, monarquias, terroristas e outros bandidos de todo o género... a lógica dos dirigentes ocidentais é imparável.   [...]   Obviamente que os EUA e os seus cúmplices procurarão apresentar o seu sórdido negócio de guerra como se de "ajuda" se tratasse.

 


Dois artigos sobre a Líbia
Dois artigos sobre a Líbia

 
“Limpemos a cabeça de tontarias de todo o tipo” PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Discurso de Raúl na Assembleia Nacional

Foi colocado online na área de Documentos em 29 de Agosto de 2011

Publicado em: http://www.cubadebate.cu/raul-castro ruz/2011/08/01/discurso-de-raul-en-la-asamblea-nacional/

Já expressei mais de uma vez que o nosso pior inimigo não é o imperialismo nem, muito menos, os seus assalariados no solo pátrio, mas sim os nossos próprios erros; e que estes, se analisados com profundidade e honestidade, transformar-se-ão em lições para não voltar a repeti-los.

 


"Limpemos a cabeça de tontarias de todo o tipo"

 
A FERRO E FOGO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Por Jorge Cadima

Foi colocado online na área de Documentos em 29 de Agosto de 2011

Publicado no jornal “Avante” n.º 1968, em 2011/08/18: http://www.avante.pt/pt/1968/opiniao/115909/

São seguramente condenáveis as destruições de lojas e casas nas cidades inglesas. Mas quem elogiou a incomparavelmente mais grave destruição de Tripoli, Bagdade ou Belgrado? São condenáveis as violências sobre cidadãos inocentes nas ruas inglesas. Mas no dia 8 de Agosto aviões da NATO matavam 85 civis na aldeia de Majar, a 150 km de Tripoli: 33 crianças, 32 mulheres e 20 homens (Globe and Mail, 9.8.11). Violências de gangs são inaceitáveis. Mas quem transformou os gangs narcotraficantes e assassinos do UÇK, dos mudjahedines afegãos ou dos «rebeldes» de Bengasi em «governos», entregando-lhes cidades, territórios e redutos para os seus tráficos e crimes?

 


A FERRO E FOGO
A FERRO E FOGO

 
50 anos da construção do Muro de Defesa Antifascista PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Foi colocado online na área de Documentos em 22 de Agosto de 2011

Publicado em: http://elpravda.blogspot.com/2011/08/50-anos-de-la-construccion-del-muro-de.html

...enquanto muitos países que eles apoiam (ou os seus estados-fantoches) levantavam muros sem que se ouvisse uma voz: os quase 750 Km do muro israelita, os 1123 Km de muro norteamericano na sua fronteira com o México, causando milhares de vítimas (calcula-se que mais de 6 000 pessoas), os milhares de quilómetros de muros e minas antipessoais construídos pela monarquia totalitária de Marrocos no Sahara ocupado, as valas de Ceuta e Melilla que causaram a morte a aproximadamente 4 000 pessoas, o muro brasileiro no Rio de Janeiro para isolar as favelas, o muro eslovaco em Ostravany para isolar a população cigana, etc.

 


50 anos da construção do Muro de Defesa Antifascista
50 anos da construção do Muro de Defesa Antifascista

 
O trágico fracasso do “Pós-comunismo” no Leste Europeu PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Por Rossen Vassilev

Foi colocado online na área de Documentos em 22 de Agosto de 2011

Publicado em: http://www.globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=23616

Dadas a crescente desigualdade, a miséria, a corrupção do governo e o crime organizado que têm caracterizado a ordem pós-comunista, a situação nestas terras ex-comunistas não é menos inflamável do que no Norte de África e no Médio Oriente, e, um dia destes, poderá vir a ser muito mais insegura do que hoje podemos imaginar. Será a Tunísia, o Egito ou mesmo a Líbia, um futuro e provável cenário para esta conturbada região?

 


O trágico fracasso do “Pós-comunismo” no Leste Europeu
O trágico fracasso do “Pós-comunismo” no Leste Europeu

 
« InícioAnterior123SeguinteFinal »

Pág. 1 de 3

bottom
top

Mais Recentes

Popular

Procurar na Biblioteca


Procurar: 
Autores: 
Título: 
ISBN: 
Descrição: 
Publicado: 
Categoria: 

bottom

Produzido em Joomla!. Valid XHTML and CSS.

eXTReMe Tracker