top
logo

Documentos

Subscrever

Visitantes

Temos 27 visitantes em linha

Home Junho
Junho
A propósito do XX Congresso do PCP Sobre o conceito de “DEMOCRACIA AVANÇADA” PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por administrador   
Segunda, 27 Junho 2016 15:33

M.E.L.

Enviado por mail

Colocado em linha em: 2016/06/27

Não haverá uma contradição entre uma sociedade capitalista, na sua fase imperialista, ser “liberta do domínio dos monopólios”, como se propugna no segundo objetivo fundamental [da DEMOCRACIA AVANÇADA], sem se libertar do capitalismo como sistema de produção? – e mesmo que fosse possível regredir à época pré-monopolista (uma posição reacionária), a evolução do capitalismo não levaria de novo ao imperialismo?

 


A propósito do XX Congresso do PCP Sobre o conceito de “DEMOCRACIA AVANÇADA
A propósito do XX Congresso do PCP Sobre o conceito de “DEMOCRACIA AVANÇADA”

 
Não estamos em 1936 nem numa Frente Popular PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Pelo Socialismo   
Sexta, 24 Junho 2016 16:43

Eduardo Corrales

Publicado em 2016/06/19 em: http://www.unidadylucha.es/index.php/actualidad/1892-ni-es-1936-ni-es-elfrente-popular  Tradução do castelhano de PAT Colocado em linha em: 2016/06/24

Hoje [em Espanha], nem as situações nem os atores políticos da aliança eleitoral são os mesmos de 36. Nem umas nem outros têm nada a ver. Em estritos termos políticos, a Frente Popular de 36 não vale para 2016, porque foi uma tática concreta num contexto concreto. Hoje não há nada, nem remotamente, com que a classe operária possa fazer coincidir os seus interesses e os das burguesias periféricas, nem com nenhuma das expressões políticas organizadas da social-democracia e do oportunismo.

 


Não estamos em 1936 nem numa Frente Popular
Não estamos em 1936 nem numa Frente Popular

 
Observações contemporâneas sobre o lado não ideológico do fascismo: crise de sobreprodução e guerra aos salários PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por administrador   
Domingo, 19 Junho 2016 19:26

Annie Lacroix-Riz

Enviado por mail – parcialmente publicado em: http://data.over-blogkiwi.com/1/10/37/54/20160214/ob_05014e_pnm-333.pdf

Tradução do francês de TAM

Colocado em linha em: 2016/06/20

... exemplo do fascismo alemão, com um sucesso mais tardio do que em Itália (outubro de 1922), mas considerado mais “perfeito”: o alinhamento das classes dirigentes da Europa continental com este modelo e a atração considerável que exerceu sobre as dos Estados Unidos e do Reino Unido tiveram as mesmas motivações sócio-económicas.

 


Observações contemporâneas sobre o lado não ideológico do fascismo: crise d
e sobreprodução e guerra aos salários
Observações contemporâneas sobre o lado não ideológico do fascismo: crise de sobreprodução e guerra aos salários

 
Propósitos inaceitáveis do Primeiro-ministro Manuel Valls PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Pelo Socialismo   
Sexta, 17 Junho 2016 14:51

Confederação Geral do Trabalho (CGT)

Publicado em: http://www.cgt.fr/Aux-propos-inacceptables-du.html

Tradução do francês de PAT

Colocado em linha em: 2016/06/17

A CGT tem de relembrar ao Primeiro-ministro que, como não é da responsabilidade dos adeptos garantir a segurança nos e ao redor dos estádios de futebol do Euro, da mesma forma, não é da responsabilidade dos manifestantes garantir a segurança nas e ao redor de uma manifestação autorizada pela Prefeitura da Polícia.

 


Propósitos inaceitáveis do Primeiro-ministro Manuel Valls
Propósitos inaceitáveis do Primeiro-ministro Manuel Valls

 
A equação político-militar na Síria PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por administrador   
Segunda, 13 Junho 2016 13:16

Elisseos Vagenas

Publicado em 2016/02/01, em: http://inter.kke.gr/en/articles/THE-MILITARY-POLITICAL-EQUATION-INSYRIA/

Tradução do inglês de PAT e LG

Colocado em linha em: 2016/06/13

Quando partidos burgueses e oportunistas celebraram a chamada “Primavera Árabe”, o nosso partido [KKE] denunciou os esforços organizados para financiar e armar a chamada oposição síria, por parte das potências imperialistas, de que resultou, entre outras coisas, a formação e propagação da monstruosidade do “Estado Islâmico”, bem como a criação de uma enorme onda de refugiados.

 


A equação político-militar na Síria
A equação político-militar na Síria

 
« InícioAnterior12SeguinteFinal »

Pág. 1 de 2

bottom
top

Mais Recentes

Popular

Procurar na Biblioteca


Procurar: 
Autores: 
Título: 
ISBN: 
Descrição: 
Publicado: 
Categoria: 

bottom

Produzido em Joomla!. Valid XHTML and CSS.

eXTReMe Tracker