top
logo

Documentos

Subscrever

Visitantes

Temos 36 visitantes em linha

Home Fevereiro
Fevereiro
A Idade do Ouro das Operações Secretas Missões especiais (OPS) já em 105 países em 2015 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Nick Turse

Foi colocado online na área de Documentos em 27 de Fevereiro de 2015

Publicado em 2015/02/15, em: http://www.odiario.info/?p=3557&print=1

...em África, o armamento e preparação de militantes e o treino de um chefe golpista; no Iraque, as melhores forças de elite americanas estão implicadas na tortura, destruição de casas, morte e ferimento de inocentes; no Afeganistão foi uma história semelhante com relatos repetidos de mortes de civis; enquanto no Iémen, Paquistão e Somália aconteceu o mesmo.

 


A Idade do Ouro das Operações Secretas Missões especiais (OPS) já em 105 pai
ses em 2015
A Idade do Ouro das Operações Secretas Missões especiais (OPS) já em 105 paises em 2015

 

 
A luta contra a UE e a libertação dos povos: sobre a derrota da euro-esquerda grega PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

João Vilela

Foi colocado online na área de Documentos em 27 de Fevereiro de 2015

Publicado em 2015/02/23, em: http://resistir.info/portugal/vilela_syriza_21fev15.html

A União Europeia, digamo-lo com todas as letras, é um utensílio de subjugação, de dominação, de exploração e de desapossamento da liberdade e da soberania dos povos periféricos pela burguesia dos seus potentados centrais, sobretudo a alemã. Qualquer luta que se trave contra ela pressupondo a bondade da UE, ou simplesmente a neutralidade da UE, levando a discussão para as suas instituições, promovendo alterações dentro do seu circuito de tratados, acordos, e demais parafernália jurídico-diplomática, apelando ao bom coração dos seus burocratas e à solidariedade dos Governos do centro imperialista para com os povos dominados, vai espatifar-se contra uma parede.

 


A luta contra a UE e a libertação dos povos: sobre a derrota da euro-esquerda
grega
A luta contra a UE e a libertação dos povos: sobre a derrota da euro-esquerda grega

 
Vitória russa no conflito da Ucrânia PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

M K Bhadrakumar

Foi colocado online na área de Documentos em 23 de Fevereiro de 2015

Publicado em 2015/02/14, em: http://resistir.info/ucrania/bhadrakumar_12fev15.html

Como disse acima, o anzol oculto está na disposição de Kiev conceder autonomia às regiões orientais. A cinética do conflito na Ucrânia dependerá em última análise da questão da reforma constitucional.

 


Vitória russa no conflito da Ucrânia
Vitória russa no conflito da Ucrânia

 
SYRIZA: quando dizem que, agora, a carne é peixe PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Partido Comunista da Grécia (KKE)

Foi colocado online na área de Documentos em 23 de Fevereiro de 2015

Publicado em 2015/02/18, em: http://inter.kke.gr/en/articles/SYRIZA-When-they-say-that-meat-is-actuallyfish/

Tradução do inglês de PAT

O SYRIZA, como partido de oposição, prometeu rasgar os memorandos que os Governos anteriores haviam assinado com os credores estrangeiros (a União Europeia, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional) e que continham as medidas antitrabalhadores e antipopulares. O SYRIZA, como partido do governo, revelou que concorda com 70% das “reformas” incluídas nos memorandos e discorda de 30%, que descreve como “tóxicas”. Na verdade, assume que não agirá unilateralmente, mas procura um novo acordo com os credores que, desta vez, não será chamado memorando, mas programa, acordo ou ponte.

 


SYRIZA: quando dizem que, agora, a carne é peixe
SYRIZA: quando dizem que, agora, a carne é peixe

 
Os «sindicatos livres» e os acontecimentos na Polónia – [2] PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Tatiana Khabarova

Foi colocado online na área de Documentos em 20 de Fevereiro de 2015

Publicado em 2015/01/12, em: http://www.hist-socialismo.com/docs/Khabarova_Crise_Polonia.pdf Tradução do russo e edição por CN (original em: http://cccp-kpss.narod.ru/arhiv/soprobes/PNR-81.HTM)

...na sociedade socialista não pode haver nenhum tabu doutrinal ou de conteúdo para a crítica de massas da «base» (por exemplo, este ou aquele assunto não se pode discutir ou investigar criticamente porque tem o contributo de Bréjnev ou consta das resoluções do governo e do partido). Só nessa condição a crítica da base pode cumprir a função histórica objectiva que lhe está «prescrita» de «força motriz» de todo o desenvolvimento comunista.

 


Os «sindicatos livres» e os acontecimentos na Polónia – [2]
Os «sindicatos livres» e os acontecimentos na Polónia – [2]

 
« InícioAnterior1234SeguinteFinal »

Pág. 1 de 4

bottom
top

Mais Recentes

Popular

Procurar na Biblioteca


Procurar: 
Autores: 
Título: 
ISBN: 
Descrição: 
Publicado: 
Categoria: 

bottom

Produzido em Joomla!. Valid XHTML and CSS.

eXTReMe Tracker